Grazmec recebe Troféu Imprensa 2018

Aconteceu na última sexta feira, 06 de julho, no Clube União na cidade de Não-Me-Toque a entrega do Troféu Imprensa 2018, promovida pelo jornal A Folha Sul. Esse troféu premia personalidades, empresas e lideranças que se destacaram no ano de 2018 nos mais diversos segmentos.

A Grazmec foi agraciada na categoria indústria destaque, na qual, no decorrer de seus 32 anos vem mostrando um constante crescimento e se destacando tanto nacionalmente quanto a nível internacional.

Para o diretor Antônio Alberi de Mattos esse prêmio tem grande representatividade pois demonstra que o trabalho está sendo reconhecido também pela comunidade não-me-toquense. “Esse troféu é o reconhecimento do trabalho de todos que atuam e acreditam na Grazmec, demonstrando assim que estamos seguindo no caminho certo”, destacou.

O Troféu Imprensa se fundamenta em pesquisa realizada pelo jornal no mês de maio, e também considera como os indicados influenciaram o desenvolvimento econômico e social de Não-Me-Toque, neste ano foram 42 homenageados, num evento que reuniu 280 convidados.

Grazmec comemora 32 anos

No dia 18 de junho 1986, nascia um sonho idealizado pelo Sr. Antônio Alberi de Mattos e Sra. Maria Cristina de Mattos. Nesse dia a Grazmec dava seus primeiros passos, uma empresa que sempre trouxe desde seu início a determinação, competência e a paixão pelo campo.

Ao longo desses mais de 32 anos, e da empresa simples que teve sua primeira sede situada no bairro jardim em Não-Me-Toque. Várias foram as mudanças durantes os anos, mudanças estas que trouxeram ao trabalho da Grazmec a experiência, expertise e inovação, bases que ajudaram a posicionar a empresa como uma grande referência no ramo do tratamento de grãos.

 

32 Anos de Trabalho…

“Conquistas alcançadas a suor, num país onde as dificuldades são imensas, a carga tributária exorbitante, onde o mais prático seria desistir, a PAIXÃO por produzir soluções inovadoras para o campo, nos faz erguer a cabeça e ir adiante. Uma equipe comprometida e qualificada eleva nossos resultados e serviços ao nível de excelência que merecem nossos clientes. ”

Agradecido, ABRAÇO a todos!!!

Antonio Alberi de Mattos

 

Hoje situada na Av. Stara em não-me-toque, a Grazmec conta com um parque fabril com mais de 6000m², mais de 30 produtos no mercado e mais de 300 revendas por todo Brasil e é presença em mais de 20 países. Sucesso alcançado através de muito esforço e dedicação.

Nossa gratidão é de cada funcionário, fornecedor e é claro, cada cliente que hoje conta com produtos de excelência em sua lavoura. Produzimos mais que insumos, produzimos o carinho, o respeito e confiança para você que assim como nós, vive essa paixão pelo campo.

Varal Solidário: Grazmec arrecada donativos de inverno e doa para colaboradores

Solidariedade é a palavra que define o que aconteceu na última semana na Grazmec. Pelo segundo ano consecutivo a empresa promoveu uma ação que leva o nome de Varal Solidário. Trata-se da arrecadação de roupas feita internamente, com colaboradores, familiares e amigos, que são doadas para outros colaboradores, que têm menos condições financeiras.

“Demos início a esta iniciativa em 2017, pois observamos que muitos colaboradores não têm condições para comprar roupas, calçados e cobertas para o inverno, então surgiu a campanha. O pessoal abraçou a iniciativa e, a cada ano, temos mais e mais donativos”, comenta a colaboradora Gisele Lutz, que é uma das responsáveis pela ação.

Por cerca de dois meses donativos como roupas, calçados, edredons e cobertores são arrecadados dentro da própria empresa. Estes donativos são estendidos em varais e, ao fim do expediente, os colaboradores que saem do trabalho podem passar e pegar o que lhes for útil. A retirada dos donativos aconteceu nos dias 7 e 8 de junho, na sede da empresa.

Como o volume de arrecadações é grande, as roupas que sobram ao final do segundo dia, são entregues em instituições de caridade de Não-Me-Toque (RS), cidade-sede da Grazmec. “A única exigência é que os donativos estejam em perfeitas condições de uso, pois solidariedade não é dar o que sobra, e sim dar o que falta. Quando nossos colaboradores abraçam esta causa, eles se colocam no lugar do outro, pois muitos de nós temos peças esquecidas em casa que podem fazer a diferença para outras pessoas”, completa Gisele.