Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres visitam a Grazmec!!

A Grazmec recebeu a visita das representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher durante a semana de mobilização pelo aniversário de 13 anos da Lei Maria da Penha. Na visita, elas explanaram acerca da importância da valorização da mulher, bem como informações sobre seus direitos e fizeram distribuição de panfletos educativos, afim de esclarecer e fortalecer a rede de apoio. Agradecemos imensamente a visita!

Grazmec prepara condições especiais para a Expointer 2019

Para a Expointer 2019 a Grazmec preparou várias condições especial para as máquinas já reconhecidas pelo produtor rural, com novas condições de pagamentos e lançamentos com ofertas para o agricultor levar a facilidade e praticidade para a sua propriedade. Temos mais de 30 anos de experiência na área de implementos agrícolas e sabemos que o trabalho no campo muitas vezes é pesado, então nossos produtos são criados para atender a essa demanda, trazendo qualidade também para a vida do trabalhador.

Nossa linha agrícola é uma linha composta por produtos de alta qualidade, robustos e com alta durabilidade para uma vida útil maior na propriedade rural. São máquinas criadas para facilitar a vida do produtor rural, estamos sempre em busca de produtos que aumentem a produtividade, sem perder a qualidade, focando em um alto desempenho e precisão no momento da realização do trabalho. Ao comprar os nossos produtos, o agricultor vai contar com máquinas que irão atender as suas necessidades e trazer vários benefícios.

A Grazmec preparou condições especiais para toda a linha agrícola com destaque para a Campo Limpo que auxilia na limpeza da pastagem, eliminando gramíneas invasoras através da regulagem de altura e vazão do liquido sem causar eventuais danos a cultura que está querendo proteger. Os guinchos para cargas de até 2T com diferentes tipos de elevação para os mais diversos serviços na propriedade.

Teremos ainda condições especiais para os carretos para transporte de plataformas para os mais diversos tamanhos e nas mais variadas configurações, como a TOP GS que possui dirigibilidade nos 4 rodados para diminuir a área da curva, facilitando as manobras. Os classificadores de sementes com peneiras rotativas, excelente para cultura de soja, fazendo a limpeza e a classificação ao mesmo tempo, a embutidora de grãos, robusta que realiza um excelente trabalho de embutir os grãos nos silobags, possibilitando assim ao produtor escolher o melhor momento para comercializar a sua safra.

Preparamos as melhores oportunidades para o amigo agricultor comprar a sua máquina Grazmec, estamos entrando na fase do plantio e sabemos que qualquer perda de tempo, sendo na questão de logística, manutenções, pode prejudicar todo um trabalha, nossa linha agrícola é perfeita para auxiliar nessa fase de sua lavoura. A Grazmec se preocupa com a qualidade de seus implementos, para não deixar o produtor na mão, principalmente nessa época que é vital realizar um trabalho impecável para ter um colheita de bons resultados no futuro. Faça-nos uma visita na Expointer 2019!

Máquinas Grazmec do pequeno ao grande produtor!

A Grazmec é referência no mercado em máquinas tratadores de sementes. A empresa investe constantemente em tecnologias, melhoria de processos de fabricação, qualificação dos produtos, treinamento dos colaboradores, reafirmando cada vez mais o compromisso de oferecer os melhores implementos para ajudar o agricultor.

Nossa missão como empresa é entregar benefícios para que o produtor tenha o seu trabalho facilitado com uma logística mais rápida e de qualidade, sendo que nosso lema é “Simplificar o trabalho no campo com soluções inovadoras”. Atualmente a Grazmec possui 3 linhas de máquinas em seu portfólio, as linhas onfarm e agrícola que são equipamentos destinadas para pequenos e médios produtores, máquinas tratadoras de sementes e implementos que auxiliam o dia a dia na propriedade e a linha industrial com equipamentos para grandes produtores, restrito a máquinas tratadoras de sementes.

Muitos são os benefícios que os produtores tem ao adquirirem equipamentos Grazmec. Em relação as máquinas tratadoras de sementes, sempre que desenvolvemos novos produtos, colocamos como prioridades, ter uma alta vazão que se adeque as necessidades de cada produtor, fácil operação para um rápido entendimento do equipamento, facilidade de logística de máquinas, sementes (desensaque e ensaque e/ou direto na plantadeira) e produtos (fácil dosagem e pouca manipulação dos mesmos evitando perdas durante o processo).

Nossas máquinas atingem todos os padrões de produtores rurais, entendemos que o Brasil é um pais com grande diversidade de costumes e culturas, e isso também se reflete no modo de trabalho dentro do mundo agrícola. Possuímos máquinas no sistema “copinho” com uma regulagem totalmente manual, máquinas com regulagens eletrônicas como as Spray System, tanto estacionarias como as que há possibilidade de levar na lavoura, e máquinas com telas touchscreen, softwares avançados, sempre visando o fácil aprendizado e manuseio, para que o novo operador do equipamento consiga entender de maneira rápida a sua utilização com um treinamento básico.

A gama de máquinas tratadoras de sementes Grazmec é grande, começamos com máquinas que realizam um tratamento de até 45 sacos/hora soja, isto é, levando em consideração sacas de 60kg, que serão tratadas 2.700 kg por hora, além disso temos equipamentos que tratam 7.200 kg/h, 10.800 kg/h, até chegar aos 500 kg por minuto ou 30 Toneladas por hora.

Além disso, há vários modos de tratamento dentro do nosso portfólio, dando assim a possibilidade de o produtor rural escolher e até montar a máquina do modo que condiz com a sua realidade e necessidade, lembrando que nenhum de nossos equipamentos abstrai-se em critérios de qualidade na entrega final do processo.

Todas as máquinas produzidas pela Grazmec têm um cuidado primordial com o grão, pois esse é o único “ser vivo” a ser manuseado durante todo o processo de plantio. Queremos que todas as nossas máquinas entreguem um grão e um tratamento de qualidade, pois assim colaboramos para uma melhor emergência da planta, consequentemente com o aumento da produtividade.  Isso também se aplica a nossa linha agrícola, sempre buscamos produtos que auxiliem e melhorem a vida do produtor. Por isso que, ao adquirir os produtos com a marca Grazmec o cliente obterá toda a tecnologia, qualidade e eficiência que só os equipamentos feitos com dedicação e presteza podem oferecer.

Lançamentos Grazmec para a Expointer visam aumentar o rendimento, economia e diminuir o tempo de trabalho.

Estamos a um mês da Expointer 2019, e a Grazmec preparou grande lançamentos para este ano. Com destaques nas 3 linhas, produtos que irão facilitar e simplificar a vida do produtor, a empresa sempre busca trazer novidades para o mercado com muita pesquisa e desenvolvimento de focados em alta tecnologia, fáceis de trabalhar, que elevam o rendimento e a praticidade no campo, sem deixar a qualidade de lado.

Na linha industrial levaremos a nova GV500i, ela foi lançada em março e já é um sucesso. Na linha agrícola teremos lançamento de novos produtos, um em caráter de atualização, melhoria e outro em novidade, também estamos preparando um lançamento da linha on farm, que trará melhorias no modo operacional das já conhecidas máquinas tratadoras de sementes.

Nossos lançamentos contemplam vários anos de pesquisa, ouvindo principalmente o que o agricultor procura, esses produtos visam aumentar o rendimento, melhoramento de processo, diminuição de tempo e o mais importante, trazendo facilidade e economia garantindo a qualidade. Os lançamentos são na área de tratamento on farm em máquinas agrícolas, e na linha agrícola, trazendo novos equipamentos aumentos assim a nossa linha.

A Grazmec é uma marca forte em tratamento de sementes e a Expointer sempre se mostra uma feira com alto potencial de divulgação e vendas, pois nessa época o produtor começa a procurar alternativas para melhorar o pré-plantio. A feira tem um grande foco na pecuária ela tornou-se a nossa principal vitrine da máquina Campo Limpo, que em parceria com a Embrapa, é uma máquina que auxilia o pecuarista a limpar a pastagem e melhorar o seu desempenho para o animal comer com mais qualidade e se desenvolver melhor.

Tratamento de sementes pelo mundo

A otimização da produção começa com a genética de elite e protege as plantas contra pragas e doenças. A aplicação direta dos produtos à semente é substancialmente mais eficiente e eficaz do que os métodos de proteção de culturas de transmissão.

É um processo que visa preservar e aprimorar o desempenho, objetivando o alto rendimento da lavoura. O tratamento químico da semente é uma das técnicas mais utilizada atualmente nas lavouras.

Os tratamentos de sementes desempenham um papel significativo na melhoria de culturas saudáveis. Esta técnica é praticada em muitos países, conheça alguns:

 

China

O governo Chinês está estimulando o aumento do tratamento de sementes. Treinamentos em tratamento de sementes, maquinário agrícola e outros assuntos relacionados estão sendo oferecidos. A China é um pais muito populoso, com muitas pessoas para alimentar, desta forma essa tecnologia se torna muito importante.

 

Reino Unido

No Reino Unido, o tratamento de sementes Industriais, TIS, sempre foi muito avançado. Sendo um dos primeiros países a desenvolver maquinas tratadores de sementes. Isso permitiu um tratamento simétrico da semente, com menor perda.

 

Alemanha

No ano de 2004, a Alemanha completou 100 de tratamento de sementes, iniciando no tratamento na fazendo em tambor giratório para o que conhecemos como como Tratamento de Sementes Industriais, TIS. Depois da reunificação da Alemanha, o tratamento com mercúrio foi cancelado, o que ampliou as formulações à base de água em todo o pais.

Eleve sua produtividade tratando sua semente

O ataque de pragas e fungos na fase inicial da lavoura ainda são comuns e causam sérios prejuízos como a má formação das plantas e a perda de produtividade. Um aliado dos produtores nesse processo é o tratamento de sementes, que consiste na injeção de produtos como defensivos e fertilizantes dentro da semente, ajudando a resguardar a planta em seus primeiros dias de vida e contribui para a expressão de todo o potencial de produção.

O tratamento de sementes no Brasil é uma técnica centenário, mas ainda hoje feito de maneira artesanal em algumas fazendas, o que traz riscos ao ambiente e à saúde humana pelo contato direito com substâncias tóxicas. Porém se fizer o tratamento de sementes de forma adequada, com máquinas próprias para esse trabalho, o agricultor garante que a semente nasça sadia, sem sofrer com pragas e doenças durante a germinação.

Nos Estados Unidos a cultura e a conscientização do tratamento de sementes está presente há alguns anos, devido as condições de semeaduras adversas o tratamento com fungicidas favorece seu desempenho, ajudando a produção de grãos. Quase todas as produções de milho do país são tratadas, já no caso da soja cerca de 30% não é tratada.

A profissionalização no tratamento de sementes ganhou espaço nos últimos anos. Os resultados de uma lavoura com o tratamento adequado, reflete em elevada produtividade.

Nova GE 45 tratamento de sementes sem desperdício

A Grazmec é referência no tratamento de sementes, e trabalha com 3 linhas de produtos. A linha Onfarm, com máquinas tratadoras de sementes com foco na produção da fazenda, a linha Industrial, com implementos de grande tecnologia embargada que tratam sementes em alta escala e a linha Agrícola, que auxiliam a vida do produtor rural no campo.

Na linha de produtos Onfarm a Nova GE 45, tem ganhado espaço, uma máquina simples, prática, versátil e sobretudo econômica, que trata a semente propiciando economia. Sua principal função é realizar um tratamento de sementes de qualidade, entregando excelente cobertura do grão, homogeneidade no tratamento e sem causar danos.

Economia, rentabilidade (45 sacos/ hora de soja), fácil transporte, fácil operação, regulagem de dose e semente na máquina, alta durabilidade do equipamento com corpo em chapa.  Esses são alguns dos diferencias da Nova GE 40, além de tratar a semente na propriedade, sem realizar altos investimentos em maquinários, pois além de entregar um tratamento de qualidade, essa máquina é econômica.

Máquina que ajuda a realizar o tratamento de sementes de forma uniforme e em pequenas quantidades, evitando assim o desperdício de sementes e insumos. É destinada aos agricultores que queiram realizar o tratamento de sementes on farm de uma maneira rápida e precisa, com um acabamento de qualidade e em pequenas quantidades.

A máquina possui o sistema de “copinhos”, toda manual sem a necessidade do operador ter conhecimento tecnológico. Utilizando a Nova GE 40 é possível saber a quantidade ideal de sementes e insumos de tratamento que irá ser utilizado, não havendo sobras de semente tratada no final do ciclo.

Hoje o tratamento de semente se tornou de suma importância para garantir uma boa safra. Quer saber mais sobre a Nova GE 40?

Acesse: http://bit.ly/GE40-sementes-sem-danos

Seminário Capim -Annoni Tolerância Zero

SENAR-RS ,  Embrapa Pecuária Sul,com apoio da GRAZMEC, UNIPAMPA  e Sindicato Rural de Uruguaiana promoveram o Seminário Capim-Annoni Tolerância Zero

Uma planta invasora que desvaloriza o campo e reduz o desempenho do gado vem causando prejuízos aos produtores gaúchos há anos. Vindo da África, o capim-annoni encontrou condições propícias para sua proliferação no Rio Grande do Sul. Para auxiliar o produtor a controlar esta invasora, o Senar-RS e a Embrapa Pecuária Sul prepararam um roteiro de eventos  realizados em Pelotas (24/06), São Gabriel(25/06),  Bagé(26/06), Uruguaiana (27/06) e Itaqui (28/6), com enfoque no Método Integrado de Recuperação de Pastagens: Mirapasto, que tem se apresentado como uma alternativa eficaz no controle desta planta. Este roteiro de atividades contou com o apoio dos Sindicatos Rurais, Grazmec e Unipampa-Campus Uruguaiana e Campus Itaqui.

De acordo com o instrutor do Senar-RS, Leonardo Perez, o capim-annoni compromete a produtividade no campo. Este capim causa desgaste na dentição dos animais e, por ser mais fibroso e menos nutritivo, o ganho de peso é mais lento. “Em nossos experimentos, o capim-annoni vem impondo perdas de mais de 50% no ganho de peso por área. Por meio do Mirapasto, método desenvolvido pela Embrapa, conseguimos reverter a degradação e melhorar a produtividade do campo, gerando mais renda para o produtor”, relata o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul Naylor Perez, que atua, dentre outras áreas, em controle de plantas indesejáveis em pastagens e integração lavoura-pecuária.

Aprender a identificar o capim-annoni é o primeiro passo para o combate, indica o instrutor do Senar, que revela ser comum que produtores confundam a planta com outras que surgem no campo. Ao avistar os primeiros focos é necessário iniciar o combate. Além das práticas de prevenção, o Mirapasto propõe o controle das plantas indesejáveis por meio da aplicação seletiva de herbicida, com o uso da enxada química e da máquina Campo Limpo, sendo esta última uma tecnologia idealizada pela Embrapa.

Mirapasto

O controle de qualquer planta indesejada deve primar por um manejo integrado que associe diferentes ferramentas, na busca de evitar perdas de produtividade. E, para ajudar o produtor a combater o capim-annoni, o Senar-RS e a Embrapa Pecuária Sul estão levando ao  estado a metodologia Mirapasto, que se assenta em quatro pilares: controle de plantas indesejáveis adultas, correção e manutenção da fertilidade do solo, introdução de espécies forrageiras de inverno e de verão e controle da oferta de pasto.

“O Mirapasto compila uma forma integrada de lidar com o capim-annoni, evitando sua expansão. É muito difícil que uma prática isolada resolva o problema da infestação pelo capim-annoni. É preciso juntar esforços, ter persistência e planejamento na adoção do método”, assegura a pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul, especialista em manejo de plantas daninhas, Fabiane Lamego.

Há 11 anos, a Embrapa mantém uma Rede de Pesquisa em capim-annoni, contando com a colaboração de pesquisadores de outras instituições para entender e conhecer melhor o problema. Resultados da Rede de Pesquisa e o detalhamento do Mirapasto  foram debatidos durante o evento realizado ontem, dia 27, em Uruguaiana que recebeu um público excelente. Aproximadamente 100 produtores, técnicos e estudantes estiveram na UNIPAMPA. O Programa Jovem Aprendiz – SENAR\RS – também marcou presença com 35 participantes que acompanharam o mini curso “Metodologia MIRAPASTO – Método Integrado de Recuperação de Pastagens Degradadas – durante a tarde de ontem, quinta-feira, dia 27. Durante a palestra que ocorreu das 19h às 20h30 foram discutidos temas como “Histórico do capim-annoni, introdução, danos econômicos e ambientais, MIRAPASTO( Método de Recuperação de Pastagens Degradadas), resultados da metodologia a campo e resultados econômicos( rentabilidade e eficiência).

Durante o evento a empresa apoiadora GRAZMEC mostrou aos participantes vídeos da Roçadeira química Campo Limpo com tecnologia desenvolvida pela EMBRAPA SUL, proporcionando, também, ao público presente, a exposição do implemento in loco.

Jornalista: Elder Filho.